Bendita Jornada

Plinio Guarany


A vida é uma luta perene,
Onde as derrotas são pedras,
As minas são pontes e
As vitórias são louros.
É uma estrada comprida,
Ora com chuva fria,
Ora com sol ardente.
Caminhar… e caminhar.
Caminhar…. todos dias,
Mesmo com os pés doentes.
Chegar ao fim da linha,
Onde o cansaço aumenta.
Bendita jornada, minha,
Trabalhando aos oitenta.

Plinio Guarany.
Poeta Menor.
Cruzeiro, Novembro de 2014.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.