Categoria: Inácio Nogueira

A Minha Crença

Publicado na Folha Nova, nº 969, 14 de outubro de 1934. Eu creio em ti, ó terra abençoada, Ó meiga pátria, berço onde eu nasci. Em ti também, mantilha abrilhantada, Sublime céu de estrelas, eu creio em ti. Eu creio em ti, ó santo templo antigo, Primeiro templo que, no mundo vi. Em ti também, …

Laurita

Autoria: Inácio Nogueira. Publicado na Folha Nova, nº 1.124, em 3 de Abril de 1938. Chamavam-na Laurita, a fadazinha, O lírio da choupana à beira-mar. Criança esbelta, loura, bonitinha, Era o encanto supremo do solar. Seu perfil despertava na lembrança De quem a visse, a pétala da rosa. Dir-se-ia um anjo em corpo de criança, …

À Memória de Minha Mãe

Autoria: Inacio Nogueira. Publicado na Folha Nova, nº 968, em 7 de Outubro de 1934. Meu pai me disse certa vez: -Amigo, Morreu aquela que nasceu contigo. Muito abatido, como um doido, enfim, Desesperado prosseguiu assim: -Se a natureza calcular pudesse, Se a natureza coração tivesse, Se palmilhasse como um pai palmilha, Jamais ter-me-ia arrebatado …